sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Cabaret II

E nesse trabalho tão íntimo e tão fechado em um quarto, quase não sobra tempo com as amigas. Mas hoje fechei minhas portas para o mundo. Desci os conhaques, separei umas músicas, coloquei uma roupa confortável, mas sempre sexy, e agora estamos aqui, todas sentadas no nosso palco, palco que nos transforma, onde todas somos uma e em uma somos todas.

Na minha frente vejo mulheres lindas, mulheres que não fazem ideia do que são, algumas inseguras, algumas decepcionadas com as situações que já passaram na vida, algumas que buscam o amor eterno e outras que buscam a cada dia um amor, independente da onde venha, de quem seja, do que tenha.

Somos todas mulheres com desejos e anseios. E eu aqui sentindo o teu cheiro, ele está em todas as cadeiras, em todos os copos e corpos desse lugar. Sei que as minhas mulheres foram tuas e hoje sou mais uma delas.

Mas não me vejo igual a elas, muito menos superior ou inferior, eu sei que é diferente. De todos os teus desejos e fantasias eu fiz parte, até quando teu desejo era deitar e dormir no me ventre onde pousas tua cabeça e se desfaz do peso que carregas na costa.

E é comigo que divides tuas coisas, teu suor, teu corpo, teu carma, meu carma, você! E não me importa em qual porta estou, se sei que estas lá, inteiro, faminto como um leão, cheio de intenção,tentação.

Minha animação vem desses sorrisos incertos e sinceros, do charuto de nascimento de algum neto, de todos esses ecos incrédulos e desonestos e é nesse momento que me despeço. Dou um beijo em cada uma dessas mulheres da vida, mulheres da minha vida. Desejo boa noite e quando vejo já estou deitada sentindo minha respiração virando um só movimento com o meu peito que pulsa em mim por inteiro.

Bom tá na hora, conversos com os meus santos, penso em meus homens e rezo pelas minha mulheres. Minha maquiagem pesada vai fechando meus olhos e eu aqui espero encontrar alguém nos meus sonhos...

Maria Scaramuzzini

5 comentários:

Mario Torres disse...

Este texto ficou ainda melhor que o primeiro! Escreva mais, invista nisso, você tem talento! Beijos

Diego Aguiar disse...

parabens maria escreves bem... continue assim =p

Nicolle disse...

Nossa cunha...arrasou! sem palavras!

Nicolle disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Diego Aguiar disse...

quando sai o Cabaret III? :)